Sem categoria

Cardeal italiano diz que Igreja Católica está ‘200 anos atrasada’

A última entrevista do cardeal Carlo Martini, ex-arcebispo de Milão, que morreu na última sexta-feira (31), aos 85 anos, foi publicada neste sábado (1º) pelo jornal italiano “Corriere della Sera”. Na conversa gravada em agosto o religioso disse que “a Igreja Católica está cansada” e “200 anos atrasada”. Ele era destaque entre os católicos progressistas e defendia um posicionamento mais liberal da Igreja Católica, pois acreditava que só assim a instituição iria se aproximar novamente das pessoas. Entre as medidas pregadas pelo ex-arcebispo para conter o afastamento dos fiéis estavam o reconhecimento dos erros do passado e a implantação de mudanças radicais na instituição, a começar pelo próprio Papa. “A nossa cultura envelheceu, as nossas igrejas são grandes e estão vazias e a burocracia aumenta, os nossos ritos religiosos e as vestes que usamos são pomposos”, avaliou. O cardeal sofria de Mal de Parkinson há dez anos. Com informações do jornal Público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo