Saúde

Câncer de colo de útero pode provocar 460 mil mortes por ano até 2040, alerta OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reforçou nesta segunda-feira (4) que a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV) é “segura e indispensável para eliminar o câncer de colo de útero”. Se a prevenção não aumentar, a OMS estima a ocorrência de 460 mil mortes por ano provocadas pela doença até 2040.

 

“Os rumores infundados sobre as vacinas contra o HPV seguem adiando ou impedindo de modo desnecessário o aumento da imunização, que urgentemente necessário para a prevenção do câncer cervical”, disse Elisabete Weiderpass, diretora do Centro Internacional de Pesquisas sobre o Câncer (CIIC), vinculado à OMS.

 

Segundo a agência France Presse, dados do CIIC apontam que, em 2018, foram diagnosticados quase 570 mil novos casos de câncer de colo do útero em todo o mundo. “Este é o quarto tipo de câncer mais comum entre as mulheres”, acrescentou Elisabete.

 

No Brasil, o câncer de colo de útero é o terceiro mais frequente entre mulheres e a quarta causa de morte por câncer, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Apenas em 2018, foram 16,3 mil novos casos e 5,7 mil mortes. (Noticias ao Minuto)

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar