Cotidiano

Caminhoneiros organizam parada simbólica contra alta dos combustíveis

Caminhoneiros de várias regiões do Brasil fizeram uma paralisação simbólica contra a alta dos combustíveis na última quarta-feira, 1º. O movimento organizado pelo WhatsApp teve duração de apenas uma hora.

Mensagens que circularam em grupos da categoria orientaram os manifestantes a parar seus veículos entre 12h e 13h de quarta-feira, junto a bases da Polícia Rodoviária Federal. No entanto, a diretriz do movimento pediu que os caminhoneiros não obstruíssem as estradas.

Wallace Landim, conhecido como Chorão e um dos líderes da greve de 2018, confirmou a adesão ao movimento simbólico.

Atualmente o Brasil importa cerca de 30% do diesel consumido no país. Neste ano, a Petrobras realizou três ajustes no preço do combustível, seguindo a política de paridade com o mercado internacional, seriamente afetado pelas consequências da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo