BrasilCidadesGeral

Câmara de Feira de Santana proíbe Prefeitura de realizar casamento homoafetivo em templos religiosos

Em meio à pandemia do novo coronavórus, a Câmara Municipal de Feira de Santana aprovou, em primeira discussão e com maioria de votos entre os presentes, a proibição de casamento homoafetivo em templos religiosos.

De acordo com a medida, de autoria do vereador Edvaldo Lima (MDB) e aprovada nesta segunda-feira (20), a Prefeitura ou qualquer órgão da administração pública está proibido de realizar cerimônias de casamentos coletivos que envolvam a união de pessoas do mesmo sexo nos templos.

Apenas o vereador Roberto Tourinho (PSB) votou contrário à matéria. Já os vereadores Carlito do Peixe (DEM), João Bililiu (PSD), Luiz da Feira (PROS), Zé Filé (PSD) e Gilmar Amorim (MDB) se abstiveram da votação.

Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo