Notícias

Câmara de Camaçari aprova repúdio a Maurício de Tude após ele comparar Luiza Maia a ‘galinha’

Câmara de Vereadores de Camaçari aprovou, nesta terça-feira (18), uma moção de repúdio ao candidato a prefeito Maurício de Tude (PTN) que, em entrevista no sábado (15) à Rádio Sucesso, se referiu à deputada estadual Luiza Maia (PT) como “galinha”. A petista é autora da Lei Antibaixaria e presidente da Comissão de Direitos da Mulher da Assembleia Legislativa. Apenas dois vereadores se declararam contrários à moção na sessão que reuniu dezenas de mulheres no plenário da Casa. Presente na votação, Luiza Maia afirmou que não se calará diante das agressões sofridas. “Tivemos uma vitória hoje com a aprovação da moção. Mas vamos continuar protestando contra essa atitude machista e desrespeitosa. Se ele fez isso comigo, que sou uma representante legítima do povo, o que não faria com as trabalhadoras e mães de família?”, questionou. A atitude do postulante do PTN também gerou uma moção de repúdio na Assembleia Legislativa da Bahia, apresentada na tarde de segunda-feira (17) pela parlamentar Maria Del Carmem (PT). A senadora Lídice da Mata (PSB) gravou um vídeo à campanha do correligionário candidato a prefeito Ademar Delgado em que comenta o assunto. “Inacreditável que, em pleno século XXI, alguém ainda tenha capacidade de se dirigir a uma mulher nos termos que esse senhor se dirige à deputada Luzia Maia”, criticou. Em nota à imprensa, a titular de Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Lúcia Barbosa, também repudiou a atitude do candidato. De acordo com ela, a atitude não é compatível às pessoas públicas, que deveriam abraçar a pauta do enfrentamento às formas de violência sofridas pelo público feminino. Maurício de Tude havia criticado, em entrevista à rádio, a relação entre Luiza Maia, que já presidiu a Câmara da cidade e o prefeito Luiz Caetano, marido e mulher. “Como é que a esposa do prefeito pode presidir a casa que fiscaliza os atos dele? Me parece que é galinha tomando conta de raposa”, insinuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo