CidadesSalvador

Cajazeiras ganha quase 4 mil pontos de luz em LED

O ano de 2021 começou diferente para os oito bairros de Cajazeiras – II, IV, V, VI, VII, VIII, X e XI – que estão com iluminação mais moderna e eficiente através do programa municipal Iluminando Nosso Bairro. A entrega da iniciativa foi feita em cerimônia simbólica na noite desta segunda-feira (4), na Arena Pronaica, em Cajazeiras X, com as presenças do prefeito Bruno Reis; da nova titular da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Marise Chastinet; e do diretor de Serviços de Iluminação Pública (Dsip), Júnior Magalhães, dentre outros gestores. 


No total, são 3.910 pontos de luz em LED, distribuídos em 646 ruas. O investimento foi de R$4,5 milhões e a ação proporciona não apenas conforto, mas também aumenta a sensação de segurança dos moradores. 
O prefeito ressaltou que este é um dos programas de maior sucesso de Salvador. Tanto que, em diversos lugares, as pessoas pedem o que passaram a chamar de “iluminação branca” na rua onde mora. “O Iluminando Nosso Bairro já abrangeu cerca de 70% da cidade e, até o fim deste ano, Salvador será uma das únicas cidades do país a estar 100% iluminada em LED. Ou seja, todas as localidades serão contempladas”, declarou Bruno Reis. 


Residente em Cajazeiras X desde que nasceu, Caíque Santos, de 16 anos, disse que a iniciativa valoriza ainda mais o bairro. “Melhorou muito aqui, porque a iluminação era bem antiga, apagada. Quando soube da ação, fiquei impressionado, não imaginava que Cajazeiras fosse receber algo assim. E com a Arena Pronaica então, toda requalificada, com as pessoas voltando a frequentar, está uma maravilha”, ressaltou. 


Pronaica – Entregue em outubro do ano passado, a Arena Pronaica foi completamente requalificada pela Prefeitura, com investimento de R$3, 3 milhões em uma área de mais de 20 mil m². Dentre os atrativos estão dois campos sintéticos, equipamentos de ginástica, área de lazer, área de palco para eventos, parque infantil e pista de caminhada e corrida, atendendo a uma antiga reivindicação da comunidade. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo