Esportes

Caixa Econômica Federal deixa de patrocinar Corinthians

CORINTHIANS - BANDEIRATerminou nesta quarta-feira (24) a parceira iniciada em 2012 entre Corinthians e Caixa Econômica Federal. Banco e clube não entraram em acordo e, por isso, o contrato de patrocínio não será renovado. A informação foi publicada pela revista Veja e confirmada pela reportagem do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia mais

Ana Paula exibe bumbum com fio dental no BBB16

Quem matou Gibson? Clichê será repetido em “A Regra do Jogo”

A Caixa queria manter os R$ 30 milhões por ano que vinha pagando desde o início do parceria, mas o Corinthians exigia aumento para ampliar o vínculo por mais uma temporada. A diretoria alega ter propostas melhores do que a da Caixa. A expectativa é receber R$ 40 milhões pelo patrocínio master.

Hoje, o Corinthians tem outros três patrocinadores no uniforme: omoplata (Winnerplay), número (TIM) e calção (Special Dog). A meta do departamento de marketing é arrecadar um total de R$ 60 milhões por temporada com o uniforme.

Leia mais

Por ciúme, homem esfaqueia cãozinho do namorado até a morte

Professor é encontrado morto dentro de apartamento em Conquista

Com o fim do vínculo com o Corinthians, o Flamengo passa a ser o clube com o maior contrato de patrocínio com a Caixa. O time rubro-negro recebe R$ 25 milhões por ano.

A Caixa Econômica Federal investirá R$ 83 milhões em patrocínios a dez clubes brasileiros neste ano. A novidade é a inclusão de Cruzeiro e Atlético Mineiro na lista de clubes patrocinados pelo banco estatal. A saída do Corinthians pode abrir espaço para outros clubes.

Estadão

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo