Sem categoria

Brasileiro é condenado nos EUA por liderar grupo de tráfico humano

Um brasileiro de 48 anos foi condenado a 46 meses de prisão nos Estados Unidos sob a acusação de liderar uma gangue internacional de tráfico humano. Nacip Teotônio Pires teria sido responsável pela entrada ilegal no país de centenas de imigrantes, provenientes principalmente dos estados do Paraná e de Goiás. As pessoas levadas pela gangue incluíam mulheres que eram obrigadas a trabalhar em clubes de striptease ou como prostitutas para pagar a passagem. Pires foi preso em Nova Jersey em junho de 2011 com outros quatro cúmplices brasileiros. De acordo com a Justiça americana, os seis acusados também estariam ilegalmente no país. Segundo os documentos oficiais, ele e seus comparsas teriam levado os imigrantes ilegais a Nova Jersey, Texas e Massachusetts e cobrariam entre R$ 26,3 mil a R$ 50,6 mil. Além disso, a gangue é acusada de ameaçar atos de violência contra familiares dos imigrantes no Brasil ou de tomar propriedades dos imigrantes que não pagassem em dia as parcelas da dívida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo