Cotidiano

Brasil não conta com seringas e agulhas para campanha de vacinação contra coronavírus, diz especialista

O superintendente da Associação Brasileira de Artigos e Equipamentos Médicos (Abimo), Paulo Henrique Fraccaro, alertou em entrevista ao Estadão que as fábricas precisam de até cinco meses para atender grandes demandas, e que até agora o Ministério da Saúde não fez as encomendas necessárias para demanda de vacinação necessária para o país.

“Em julho, levamos essa preocupação ao governo federal. Em agosto, o governo organizou uma reunião com os três fabricantes, mas, daí para a frente, nada mais aconteceu de concreto. E já estamos em dezembro; isso deveria estar decidido no máximo em setembro”, afirmou o superitendente da Abimo ao Estadão, sinalizando o risco de faltar seringa e agulha. 

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo