BrasilGeral

Bolsonaro reúne pastores para tratar sobre Marcha para Jesus

O presidente Jair Bolsonaro (PL) está reunido com pastores evangélicos no Palácio da Alvorada para tratar sobre a Marcha para Jesus em diversas capitais ainda neste ano. Entre os convidados, o bispo Robson Rodovalho e o deputado Silas Câmara, que representa a Frente Parlamentar Evangélica.

Líderes das igrejas pretendem organizar diversas marchas em várias datas e em diferentes capitais. Querem que o chefe do Executivo participe do maior número de manifestações possível.

Esta não é a 1ª vez que Bolsonaro recebe pastores na residência oficial da Presidência. Em 8 de março, chefe do Executivo e a primeira-dama Michelle Bolsonaro tiveram encontro com pastores e congressistas evangélicos no palácio.

Eu dirijo a nação para o lado que os senhores assim desejarem. É fácil? Não é. Mas, nós sabemos e temos força para buscar fazer o melhor para nossa pátria”, disse na ocasião.

Nesse dia, a primeira-dama e o chefe do Executivo se emocionaram e choraram quando o episódio da facada de 2018 foi lembrado. Bolsonaro afirmou ter sobrevivo ao atentado por “milagre” e disse que não deixará o cargo por meio de uma “canetada”.

O encontro desta 2ª feira não é organizado pela bancada evangélica como o de março, mas um contato direto com as principais lideranças da Marcha para Jesus. Os evangélicos são parte importante do eleitorado do presidente e também compõem o grupo de apoio ao governo no Congresso Nacional.

Bolsonaro lidera as intenções de voto entre os evangélicos. Ele ganharia as eleições presidenciais de 2022 em 1º turno se fossem realizadas só entre o grupo. O atual chefe do Executivo tem 52% das intenções de voto nesse segmento. Em 2º lugar, vem Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 30%. Outros nomes têm 5% ou menos.

Poder 36

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo