Cotidiano

Bolsonaro decide demitir assessor que fez gesto racista, diz site

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu demitir seu assessor especial, Filipe Martins, após virar notícia por reproduzir um gesto racista durante uma audiência no Senado. A informação é da Revista Poder, do site UOL. 

De acordo com a publicação, Bolsonaro autorizou a demissão do assessor especial na quinta-feira (8). A saída de Martins acontece após pressão dos senadores.

A exoneração ainda não foi publicada no Diário Oficial da União.

O assessor de Bolsonaro segue investigado pela Polícia Legislativa por ter feito o gesto supremacista.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo