BrasilGeral

Bolsonaro culpa Pazuello por atraso de vacina, e Maia chama presidente de “covarde”

Jair Bolsonaro (sem partido) culpou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pelo atraso da vacina contra o novo coronavírus, boicotada pelo próprio presidente em discursos contrários à imunização.

Segundo a revista Veja, Bolsonaro disse em uma reunião ministerial que a Covid-19 “baqueou Pazuello e que ele não dá conta de mais nada”.

A fala contradiz uma declaração falsa do presidente. Quando o ministro havia contraído o coronavírus, ele disse que o chefe da pasta não teve sintomas porque era “mais um caso concreto de que a hidroxicloroquina deu certo”.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), compartilhou a reportagem de Veja no Twitter. “Bolsonaro é covarde”, escreveu.

Durante live com Bolsonaro, na última quinta-feira (7), Pazuello afirmou que, na “melhor hipótese”, o Plano Nacional de Imunização (PNI) começa em 20 de janeiro. Numa previsão que ele chamou de “média”, o período de início se estende até 10 de fevereiro; numa hipótese mais demorada, a campanha começaria em março.

Politics

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo