Esportes

Bernadinho confessa: ‘Ainda não bem que não vi o Bruno chorando’

Depois da traumática derrota da Seleção masculina de vôlei para Rússia por 3 sets a 2 no último domingo (12), pela final do torneio olímpico, o clima era de velório entre os jogadores. Bruninho, levantador da equipe, não segurou a emoção e chorou copiosamente. Seu pai e técnico Bernadinho, admitiu que não teria suportado ver o filho chorando em pleno o dia dos pais.

– Ainda bem que eu não vi a cena do Bruno chorando. Para qualquer pai, é a coisa mais difícil. Em Pequim, eu estava dando uma entrevista e me emocionei porque passaram a cena dele chorando. E eu sei o quanto tem sido difícil para ele. Até porque a relação pai e filho na quadra é complicada. Se me perguntarem o que mais me incomodou nestes doze anos foi querer me atingir através dele. E nisso a decisão para 2016 pesa. Porque ele é fundamental para 2016. Eu acho que o Bruno foi o melhor levantador da competição – disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo