Esportes

Bayern não pagará R$ 558 milhões, vai devolver Coutinho e cria problema para o Barcelona

O Bayern de Munique não exercerá a opção de compra de Philippe Coutinho, assim o brasileiro irá retornar ao Barcelona no fim da temporada. A informação foi publicada pelo jornal alemão Bild nesta quarta-feira.

No Camp Nou, uma fonte assegurou na última semana que o clube catalão “não tocou” no assunto.

Ambos os lados acertaram o empréstimo do brasileiro por uma temporada por um preço de 8,5 milhões de euros (R$ 39,5 milhões na cotação atual), com os bávaros bancando os salários do meia, que é na casa dos 20 milhões de euros (R$ 93 milhões) brutos. Além disso, os alemães têm uma opção de compra de 120 milhões de euros (R$ 558 milhões).

O rendimento de Coutinho no Bayern, depois da primeira metade da temporada, não alcançou as exigências estabelecidas pelos seus dirigentes. Eles estariam vendo como algo fora de marcado exercer esta opção, por mais que, segundo o Bild, o atleta com o apoio de seus companheiros, satisfeitos com sua chegada à equipe.

Presente em 23 dos 24 jogos do atual heptacampeão alemão desde que foi oficializada sua chegada, o brasileiro foi titular em 17 deles, somando sete gols e sete assistências, com destaque para um hat-trick contra o Werder Bremen.

Ainda que o desempenho do camisa 10 tenha crescido depois que Hansi Flick virou o técnico no lugar de Niko Kovac, no começo de novembro, o veículo germânico afirma que o clube descarta exercer a opção de compra.

Caso a decisão seja confirmada, isso representaria um problema para o Barcelona, que deveria reintegrá-lo ao elenco apesar de não ser valorizado pela área esportiva e ainda mais por ocupar um lugar de extracomunitário.

Contratação mais cara da história do clube azul-grená, que pagou 120 milhões de euros ao Liverpool em janeiro de 2018, além de outros 15 milhões de euros (R$ 69,8 milhões) em variáveis, o vínculo do brasileiro se prolonga até junho de 2023. Entende-se que a intenção do Barça será encontrar uma transferência no mercado de verão, tendo em conta que o valor deveria se aproximar de 80 milhões de euros para não computar perdas.

Espn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar