Esportes

Bate-boca: Carpegiani briga com diretor e pode deixar o Clube

O clima ficou tenso no vestiário do Vitória após o fim da partida contra o Ceará, na noite desta sexta-feira (24), no Presidente Vargas.

Mesmo conquistando o triunfo com o placar de 3 a 1, já com o título do 1° turno da Série B assegurado, os ânimos rubro-negros ficaram exaltados no vestiário do Clube. O técnico Paulo César Carpegiani teria se recusado a dar entrevista no fim da partida. Por conta disso, o diretor do Clube, Raimundo Nonato, chamou a atenção do treinador, dando início a uma grande discussão.

Nonato teria dito em alto e bom som: “Você é pago para isso e tem que dar entrevista”.

Sem se pronunciar e se retirando logo em seguida do estádio, Carpegiani está com o cargo em risco. O diretor teria já adiantado com outros membros do Clube que esta postura do técnico é inadmissível.

Com 77% de aproveitamento na competição, agora, resta esperar que este episódio não seja o amargo da torcida e o pivô dos resultados que estão por vir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo