Cotidiano

Barroso autoriza que Wizard fique em silêncio durante depoimento à CPI da Covid

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, autorizou nesta quarta-feira (16) que o empresário Carlos Wizard fique calado e não produza provas contra si durante o depoimento marcado para esta quinta-feira (17), na CPI da Covid no Senado. A informação é do portal G1.

A defesa de Wizard pediu à CPI que ele fosse ouvido por meio virtual, porque está nos Estados Unidos acompanhando o tratamento de saúde de um familiar.

A proposta, contudo, foi rejeitada pela comissão, que aprovou a quebra dos sigilos do empresário. Além disso, o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou existir a possibilidade de ser pedida a condução coercitiva dele.

Bahianoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo