Cidades

‘Bancada do grelo duro’ defende expressão: ‘não foi ofensa, muito pelo contrário’

brigada grelo duroA “bancada do grelo duro” participou da mobilização em defesa do governo Dilma Rousseff nesta sexta-feira (18) no Centro de Salvador e defendeu o uso da expressão pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – Lula sugeriu que as “mulheres do grelo duro do partido” se manifestassem contra um promotor que “batia na mulher, levava ela pro culto, deixava ela se fuder, dava chibatada nela” em uma das escutas telefônicas divulgadas pela Justiça Federal.

De acordo com a estudante de serviço social, Liliane Oliveira, que levou uma faixa com a expressão, Lula não foi ofensivo. “Não acho que isso foi uma ofensa, muito pelo contrário. Principalmente nós, que somos nordestinas.

Leia mais

Pai de santo prevê queda de Dilma em abril e diz que Lula se entregará

Moradores de Amargosa dormem na fila da Sec. de Saúde para tentar agendar transporte

Nicole Bahls provoca Viviane Araújo em festa: ‘Meu bofe é melhor’

A gente entende o peso dessa expressão. Dizer que o cara é picudo pode, a mulher ter grelo duro não?

Ele ressalta que é importante as mulheres estarem ativas. Eu fiz a faixa porque entendo na positiva o que é essa expressão, ainda mais nessa conjuntura”, defendeu a estudante. “Somos as de grelo duro que vamos enfrentar o golpe, que vão derrotar o golpismo e o conservadorismo de Sérgio Cunha, de Eduardo Cunha”, bradou a estudante, que comemorou o sucesso da faixa. “Perdi a conta de quantas vezes parei para tirar foto, subi no trio e estava todo mundo embaixo alucinado”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo