Esportes

Bahia vence e se livra do rebaixamento para a segundona em 2013

Foi no sufoco, mas a fé da torcida tricolor deu resultado. Após vencer o Atlético-GO dentro do Serra Dourada nesta tarde de domingo, por 1 x 0, o Bahia se livrou do rebaixamento para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Com este resultado, o time baiano, comandado por Jorginho conseguiu chegar aos 47 pontos na tabela de classificação, terminando a Série A na 15º colocação.
Tricolor domina etapa inicial e não marca 
Vivendo um bom momento nesta reta final de Brasileirão, mesmo rebaixado, o Atlético-GO partiu para cima do Bahia e criou logo uma ótima chance de abrir o marcador aos três minutos. Após confusão dentro da grande área, a bola sobrou para Rayllan soltar a bomba, exigindo a primeira grande defesa de Marcelo Lomba.
A partir daí, o domínio foi tricolor e a resposta dos visitantes aconteceu dois minutos depois deste lance goiano. Neto cobrou falta perigosa e o goleiro rubro-negro Márcio deu rebote nos pés de Jones Carioca, escolhido por Jorginho como titular neste confronto. O atacante chutou rasteiro, mas a zaga conseguiu tirar.
Aos 21, outra oportunidade dos baianos para tirar o zero do placar. Com uma boa jogada individual, na velocidade, em sua maior característica, Jones entrou na área e bateu forte, para a grande intervenção de Márcio.
O Dragão tratou de esfriar essa pressão tricolor, foi para o ataque com tudo e perdeu mais uma chance. O centroavante Patric partiu com velocidade do meio de campo, mas na hora do chute foi interceptado por Titi.
Já aos 34, confirmando o desempenho ofensivo nesta etapa inicial, o tricolor criou mais uma chance. Jones Carioca, um dos destaques até então, recebeu lançamento pela direita e tentou bater para o gol de Márcio, mas Leonardo conseguiu afastar antes.
E para finalizar este primeiro tempo, o Bahia ainda chegou com perigo novamente. Hélder cobrou falta da intermediária e Fahel desviou de cabeça para a linda defesa de Márcio, que salvou os mandantes.

Bahia marca no final e se salva do rebaixamento

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, o Bahia, que voltou, assim como o Atlético-GO, sem alterações, assustou. O volante Diones resolveu arriscar de longe, exigindo outra defesa de Márcio, que encaixou sem problemas.
A resposta do Dragão chegou um minuto depois. Após confusão na entrada da área, a bola sobrou nos pés de Diogo Campos, que chutou forte, assustando Marcelo Lomba, que só ficou olhando.
Melhor em campo, o rubro-negro goiano começou a pressionar os visitantes e voltou a assustar aos oito minutos. Patric fez boa jogada com Diogo Campos, que, dentro da área, tentou o toque para trás, mas ninguém chegou para completar o lance.
Precisando empatar ou vencer para escapar do rebaixamento sem precisar de outros resultados, o tricolor perdeu a maior chance do jogo até então aos 22. Gabriel fez ótima jogada individual e tocou para Hélder, que, sozinho, bateu por cima do gol de Márcio.
Mais ofensivo, o tricolor ficou perto do primeiro gol aos 28. Gabriel, mais uma vez, fez ótima jogada individual, entrou na área e soltou a bomba, por cima do gol de Márcio, perdendo uma grande oportunidade.

E na última oportunidade clara na Série A deste ano, o tricolor tirou o peso de se livrar do rebaixamento. Aos 44, Rafael aproveitou falha da zaga goiana, entrou na área, driblou Márcio e tocou para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro
Série A – 38º rodada
Atlético-GO 0 x 1 Bahia
Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data: 2/12/12
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (FIFA/RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (FIFA/RS) e Tatiana Jacques de Freitas (RS)
Gols: Rafael (Bahia)
Cartões amarelos: Mahatma Gandhi (Atlético-GO)
Público Pagante: 2.358

Renda: R$ 14.245,00

Atlético-GO: Márcio; Marcos (Adriano), Gustavo, Leonardo e Diego Giaretta; Pituca, Dodó, Mahatma Gandhi (Watthimem) e Rayllan; Diogo Campos e Patric (Luciano). Técnico: Jairo Araújo.

Bahia: Marcelo Lomba; Neto, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro; Fahel, Diones (Kleberson) e Hélder; Zé Roberto (Rafael), Gabriel e Jones Carioca (Caio). Técnico: Jorginho. (BN)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo