Notícias

Atirador que matou 77 na Noruega é condenado a 21 anos de prisão; pena pode equivaler a perpétua

Réu confesso de dois atentados que deixaram 77 mortos na Noruega, Anders Behring Breivik foi condenado nesta sexta-feira (24) pelo Tribunal de Oslo, por unanimidade, à pena máxima de 21 anos de prisão, prorrogáveis indefinidamente. A juíza principal, Wenche Elizabeth Arntzen, explicou que Breivik foi sentenciado a uma custódia máxima de 21 anos e a uma mínima de 10 anos. Na prática, a condenação pode equivaler a uma prisão perpétua. Ao final da pena, esta pode ser prolongada, caso o réu ainda seja considerado um perigo para a sociedade. O extremista ouviu a leitura do veredicto com um sorriso no rosto. Ele queria ser condenado para que não houvesse dúvidas quanto à sua sanidade mental e ideologia. Integrante da extrema-direita, Breivik deixou, no dia 22 de julho do ano passado, uma caminhonete com praticamente uma tonelada de explosivos em Oslo, em frente à torre de 17 andares que abriga dependências oficiais. Em seguida, foi até a ilha de Utoeya e atirou contra jovens que participavam de uma reunião da juventude trabalhista, partido do governo. Informações do G1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo