Cotidiano

Atentado em hotel na Somália mata 13 pessoas

HOTEL SOMALIAPelo menos 13 pessoas foram mortas neste domingo (26) quando o grupo militante islâmico Al Shabaab da Somália dirigiu um carro cheio de explosivos para a porta de um hotel em Mogadíscio, segundo informações da Agencia EFE. Uma testemunha da Reuters disse que sangue e pedaços de carne foram jogados em torno do local da explosão que teve como alvo o hotel Jazeera.
Os destroços de quatro carros estavam nas proximidades. Al Shabaab, que assumiu a responsabilidade pelo ataque, frequentemente lança bombas na capital, como tentativa de derrubar o governo da Somália apoiado pelo Ocidente. A nação está tentando se reconstruir após duas décadas de conflitos.
Entre os mortos, em sua maioria civis, há membros da equipe de segurança do hotel e um analista estrangeiro em temas de segurança. Funcionários do governo já estão no local do atentado. O ataque aconteceu depois que Al Shabab assassinou ontem a tiros em Mogadíscio um parlamentar somali e seus dois guarda-costas, e no último dia da visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao vizinho Quênia. A luta conjunta entre Quênia e EUA contra Al Shabab foi precisamente um dos temas mais destacados na agenda de Obama na primeira escala de uma viagem africana que continua hoje na Etiópia.
Obama declarou ontem que o grupo terrorista foi “debilitado” nos últimos meses pela ofensiva do exército somali e das tropas aliadas da União Africana (UA), mas lembrou que o problema não está resolvido.
A milícia perdeu recentemente o controle de importantes cidades estratégicas, recuperadas pelo governo. Al Shabab anunciou em 2012 sua adesão formal à Al Qaeda e luta para instaurar um estado islâmico na Somália. O país africano vive em um estado de guerra e caos desde 1991, quando foi derrubado o ditador Mohammed Siad Barre, o que deixou o país sem um governo efetivo e em poder de milícias radicais islâmicas, senhores da guerra e grupos de delinquentes armados. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo