Cotidiano

Ataque em igreja de comunidade negra deixa nove mortos nos EUA, incluindo um senador

ATAQUE - IGREJA - EUAUma histórica igreja da comunidade negra em Charleston, na Carolina do Sul (EUA), sofreu um ataque na noite desta quarta-feira (17).
Segundo o pastor da igreja, Thomas Dixon, um homem entrou no local e abriu fogo contra as pessoas, mas não ainda não há detalhes sobre o ocorrido. “É uma cena realmente muito ruim”, disse à rede CNN. Uma testemunha afirmou que havia vários corpos no local que ainda não tinham sido identificados, mas ao menos nove pessoas morreram.
O senador Clementa Pinckney e a sua irmã estão entre os que perderam a vida. A polícia informou que o suspeito é um homem branco, sem barba e com cerca de 20 anos, que ainda não foi encontrado. “Acredito que foi um crime de ódio”, disse o chefe da polícia da cidade, Gregory Mullen.
Após o ataque, a governadora da Carolina do Sul se pronunciou oficialmente e disse que orava pela família e pelas vítimas. “Enquanto ainda ignoramos os detalhes, sabemos que jamais entenderemos o que motiva uma pessoa a entrar em um dos nossos locais de oração e tirar a vida dos outros”, lamentou Nikki Haley.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo