Notícias

Argentina: Ex-ministra é condenada a 4 anos de prisão por corrupção

A ex-ministra da Economia da Argentina no governo do ex-presidente Nestor Kirchner, Felisa Miceli, foi condenada nesta quinta-feira (27) a quatro anos de prisão e oito de inabilitação para ocupar cargos públicos. Esta é a primeira condenação de um ex-funcionário kirchnerista por corrupção. O cirme: “ocultamento agravado de uma manobra financeira ilícita” – por esconder uma sacola com US$ 60 mil no banheiro de sua sala no ministério – e “roubo de documento público”.  Felisa apelará da decisão e, portanto, aguardará a posição final da Justiça em liberdade. “Tenho minha consciência tranquila e vou continuar lutando para provar minha inocência “, declarou, após ouvir a sentença do Tribunal Oral Federal N° 2, de Buenos Aires. Durante todo o julgamento, Miceli não recebeu qualquer tipo de respaldo da Casa Rosada. O governo Kirchner também acompanha com preocupação outras investigações dos tribunais, principalmente a que envolver o vice-presidente Amado Boudou, acusado de ter favorecido empresários amigos na compra da empresa que atualmente imprime as células do peso argentino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo