Cotidiano

Arcebispo de Salvador diz que igreja não 'mudou' ideias sobre homossexualidade

DOM MURILO KRIEGERO arcebispo de Salvador e primaz do Brasil Dom Murilo Krieger se posicionou sobre as relações homoafetivas e afirmou, em entrevista ao jornal A Tarde publicada neste domingo (5), que “a igreja nunca escondeu – nem mudou – seu pensamento sobre a homossexualidade e os homossexuais”. “E nesse campo, ela segue a prática de Jesus, que sempre foi contra oerro e o pecado e, ao mesmo tempo, sempre misericordioso com quem erra”, afirmou.

Para exemplificar, Krieger citou encíclica da Igreja Católica que justifica a tradição ao afirmar que “atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados. São contrários à lei natural”.

Questionado sobre as declarações do papa Francisco, que poderiam indicar uma abertura em relação ao assunto, o arcebispo argumentou que o pontífice “em nenhum momento” ensinou algo contra os ensinamentos da igreja. “Na verdade, o que o papa Francisco tem ensinado é aquilo que ensinava Santo Agostinho, no século V.

Esse grande santo afirmava: Nas coisas essenciais a unidade,m nas acidentais, liberdade, em tudo, carinho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo