Geral

Após prisão do namorado, mulher acusa PMs de estupro em Mussurunga

Estupro aconteceu após os militares prenderem o namorado da vítima por tráfico de drogas

estupro

Dois policiais da 49ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/São Cristóvão) foram presos em flagrante na madrugada desta segunda-feira (30) acusados de estuprar uma mulher de 20 anos em Mussurunga. Após o ato, por volta da 4h, a vítima foi até a Corregedoria da PM, no bairro da Pituba, acompanhada da mãe e denunciou o crime.

De acordo com informações da PM, os agressores foram dois PMs que haviam realizado a prisão do namorado da vítima, também no bairro de Mussurunga. Segundo a vítima, o estupro aconteceu após os militares prenderem o seu namorado sob a acusação de tráfico de drogas. Em seguida, os policiais permaneceram na casa e a estupraram.

A vítima foi encaminhada para realizar exames de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Em seguida, agentes do DPT se dirigiram para a casa da jovem para fazer a perícia do local, onde foi constatado que as provas materiais condiziam com o depoimento da vítima.

Com a comprovação do ato, policiais da Corregedoria realizaram diligências e encontraram as equipes que fizeram a prisão do namorado da vítima, localizando os dois PMs suspeitos pelo estupro, que foram reconhecidos.

 

 

A Corregedoria efetuou, então, a prisão dos dois militares em flagrante. Os suspeitos foram encaminhados para a Corregedoria de Custódia Provisória, em Lauro de Freitas, e seguem à disposição da Justiça. Os nomes dos PMs envolvidos no caso não foram divulgados pela corporação.

Violência

Em julho, uma jovem grávida foi estuprada por dois policiais militares, um deles reformado, em uma estrada em São Sebastião do Passé, na Região Metropolitana de Salvador. Ela estava com o companheiro em uma moto quando os dois policiais os obrigaram a parar na BR-110.

O companheiro presenciou a abordagem e disse que os policiais chegaram a atirar. “Teve um disparo. Eles dispararam… Atirou pra cima. Mandaram a gente parar. Aí mandou botar a mão na cabeça, pegou meu celular, a chave da moto e minha identidade. E seguiu com ela. Em seguida, eu corri para a casa da minha tia e o vizinho dela me trouxe para a delegacia de moto”, contou.

Antônio Marcos Gomes Santos e Edarno Rodrigues de Santana foram presos em flagrante depois que o namorado da vítima chamou a polícia.

A PM-BA informou que, após alguns instantes, passou pelo local uma viatura da 10ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Candeias) comandada pelo sargento PM Cantídio. Os policiais socorreram o rapaz e seguiram em buscas pela região na tentativa de localizar o veículo.

A vítima foi encontrada, ainda de acordo com a corporação, em um local conhecido como Banco de Areia “em companhia dos dois elementos, flagrados forçando a vítima à pratica de atos libidinosos”. Ao serem abordados, os dois  se identificaram como policiais militares, mas acabaram presos em flagrante.

O caso foi registrado na Delegacia de São Sebastião de Passé. Ao ser ouvida pela polícia, a adolescente relatou que está grávida de três meses. Ela relatou ainda que os dois, sempre com armas em punho, a ameaçaram e agrediram. As informações são do Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo