Cotidiano

Ao transmitir cargo para Rui, Wagner aconselha sucessor a 'não guardar rancor'

WAGNER E FATIMAO agora ex-governador Jaques Wagner (PT) se emocionou na cerimônia de transmissão do cargo ao sucessor Rui Costa (PT) nesta quinta-feira (1º). Ao lado da mulher Fátima Mendonça e com a mesma roupa que usou no seu casamento, em 1998, Wagner brincou com Rui: “Guarde seu fígado para os bons vinhos e bons uísques. Não guarde rancor”. Em recado aos opositores, ele disse que a capacidade de síntese e de ouvir opiniões divergentes é o que deverá garantir a continuidade do projeto petista. Ele agradeceu tanto ao PT quanto aos partidos da base do governo. “Ninguém faz nada sozinho”, resume. Ao lembrar a trajetória dele e de Rui, na liderança de sindicatos, Wagner diz que eles inauguraram “novos tempos” no estado. “Em que um povo que vem lá de baixo chega ao cargo de governador da Bahia”, defendeu. “Rui não me deve nada, ao contrário eu devo a dele”, disse. Prestes a tomar posse como ministro da defesa do governo da presidente Dilma Rousseff, o ex-gestor diz que se sente um ser humano realizado, para ajudar “uma mulher que acredito profundamente, minha querida amiga Dilma Rousseff”.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar