CotidianoSaúde

Anvisa confirma o terceiro caso do superfungo cândida auris

Bahia registrou dois casos do superfungo candida auris em 2021.

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), confirmou o terceiro caso de candida auris no Brasil, nesta quarta-feira (12).

O superfungo foi confirmado num Hospital público de Recife nesta terça-feira (11), mas o caso somente se tornou público hoje, um caso suspeito está sob investigação laboratorial.

Em dezembro de 2021, dois casos de superfungo foram identificados na Bahia, um paciente de 59 anos, que estava na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital da Bahia e um idoso de 88 anos, internado num hospital de Salvador.

“A Anvisa está acompanhando as ações relacionadas ao surto, articulando-se com os envolvidos e apoiando as ações da força-tarefa nacional”, destacou o órgão, em nota, ao portal Metrópoles.

Segundo a agência, desde a identificação do caso suspeito, o hospital estabeleceu medidas de precaução, prevenção e controle.

A ANVISA disse também ao site que existe a propensão de surtos de fungo, isso por conta da dificuldade de identificação e de eliminação de ambientes contaminados.

O que é candida auris?

Candida auris é uma espécie de fungo identificado pela primeira vez na década de 2010.E m 2015, passou a chamar atenção da comunidade médica após se espalhar por um hospital nos arredores de Londres. Desde então, vem se tornando uma preocupação dos médicos de todo o mundo, devido a sua alta resistência a medicamentos antifúngicos.

Segundo a Food and Drug Administration (FDA) a “C. auris é uma levedura que pode causar infecções graves em pacientes hospitalizados.

Ela pode acometer a corrente sanguínea, o aparelho urinário, respiratório, a vesícula biliar, locais com ferimentos e o canal auditivo externo. LEIA MAIS AQUI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo