Entretenimento

Antes de morrer, George Michael se reconciliou com o amor da sua vida

Algumas semanas antes da sua morte, George Michael reconciliou-se com o seu ex-companheiro Kenny Goss, segundo revela o jornal ‘The Sun’, na sua edição de segunda-feira. O cantor britânico viveu um romance de mais de uma década com aquele que é descrito como tendo sido o grande amor da sua vida.

Lembrando que, em 1998, foram ambos detidos por ‘ato obsceno’ nos banheiros públicos de Los Angeles, nos Estados Unidos, um incidente que gerou muita polêmica na imprensa internacional durante aquela época.

 
O casal se separou mais de 10 anos depois deste fato. Cansado das infidelidades e dos problemas com drogas do cantor, Kenny Goss bateu decidiu se separar em 2011. O término foi inclusive confirmado pelo próprio George Michael antes de um concerto em Praga.
“Este homem trouxe-me muita alegria e muita dor. Estou muito triste com o fracasso da minha história com o Kenny. Tive de lutar contra os meus vício e o meu companheiro passou por problemas semelhantes com o álcool”, confidenciou o cantor.
Nestas últimas semanas o casal teria se reconciliado e começaram a passar bastante tempo juntos novamente, sendo que Goss incentivou George Michael a voltar de forma mais ativa à música. A morte trágica do cantor pôs fim a esta bela história de amor e amizade.
Clique na galeria de fotos e conheça Kenny Goss, o grande amor da vida de George Michael.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo