Slide

Anac investiga manobra de avião do governador cearense na pista do aeroporto de Salvador

A Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) investiga uma manobra feita por um avião fretado pelo governador do Ceará, Cid Gomes, na pista do Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, em Salvador, na última sexta-feira (9). Por conta da manobra, pousos e decolagens foram suspensos por cinco minutos na pista. O governo do Ceará fretou uma aeronave Cessna CItation operada pela empresa Táxi Aéreio Fortaleza (TAF), que voou de Fortaleza e pousou no aeroporto de Salvador às 13h17. Depois de taxiar, dois passageiros, entre eles o governador Cid Gomes, desembarcaram e seguiram andando pela pista até a Base Aérea de Salvador. Por ter dois passageiros caminhando na pista, uma aeronave da Avianca arremeteu voo e uma da Gol teve o procedimento de voo abortado. Segundo a Anac, uma possível aplicação de penalidades só poderá ser definida quando a apuração do caso foi concluída, o que ainda não tem previsão. A empresa TAF e o comandante da aeronave podem sofrer punições, inclusive a suspensão ou cassação de certificados. A TAF informou ainda não tem uma posição oficial sobre o caso porque ainda vai ouvir o comandante da aeronave. Segundo a empresa, o comandante tem autoridade absoluta na aeronave e não deve seguir orientações de passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo