CotidianoSalvador

Ambulatório Especializado para Tratamento do HTLV inicia atividades

Um novo centro especializado, para tratamento do vírus HTLV, foi inaugurado pela Prefeitura de Salvador, nesta quinta-feira (7). O ambulatório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) funciona no 3º andar do Multicentro Carlos Gomes, no Centro, para atendimento e tratamento integral de 67 portadores da doença.

Ambulatório Especializado para Tratamento do HTLV_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

Dentre os serviços oferecidos estão a testagem e aconselhamento, coleta de exames laboratoriais de rotina, consultas médicas especializadas e acompanhamento com equipe interdisciplinar, composta por médicos infectologistas, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos. Além disso, são realizadas atividades de educação e comunicação em saúde, bem como dispensação de medicamentos para tratamento de doenças relacionadas ao vírus.  Os pacientes atendidos são oriundos de postos da rede de atenção primária, ou centros especializados.

Ambulatório Especializado para Tratamento do HTLV_Foto_Jefferson Peixoto_Secom_Pms

O titular da SMS, Décio Martins, afirmou que a implantação do ambulatório tem como objetivo ampliar os serviços de atenção especializada do município. “O novo centro proporciona mais conforto e acesso aos pacientes. Nesse equipamento, as pessoas serão submetidas a testagem, dando encaminhamento clínico e médico, com o devido tratamento, para que possam ter uma vida saudável”, explicou.

No Multicentro Carlos Gomes já funcionava o Ambulatório de Hepatites Virais e Doença Falciforme. A coordenadora da Atenção Especializada à Saúde da SMS, Flora Oliveira, ressaltou a necessidade de incorporar o atendimento aos pacientes com o HTLV. “O espaço foi otimizado e estruturado para ofertar o atendimento às pessoas com vírus, proporcionando uma resposta efetiva e o cuidado integral do paciente”.

Usuária dos serviços da unidade, a presidente da Associação HTLVida, Nivânia Pereira, destacou a luta para dar visibilidade à doença e a importância da implantação do ambulatório. “É um equipamento de grande valia, que faz parte de uma batalha pela dignidade das pessoas que vivem com HTLV. Nossa luta para aumentar o acesso ao tratamento e diagnóstico é gigante. A demanda de pessoas infectadas é muito grande, por isso, a implantação do ambulatório diminui o fluxo de atendimento e filas de espera em outros locais, dando mais assistência e qualidade de vida para essas pessoas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo