Política

Alice Portugal nega medo de vaias

Ausente pela primeira vez do rito governamental do dia 25 de junho em Cachoeira, a deputada Alice Portugal (PCdoB) negou que estivesse com medo de possíveis vaias diante da articulação de professores estaduais grevistas com a presença do governador Jaques Wagner na cidade do Recôncavo baiano. Como parte das comemorações pela Independência da Bahia, Cachoeira é sede do governo estadual no dia 25 de junho há cinco anos. “Vaias para mim só se forem dos setores carlistas, que não perdoam meu enfrentamento corajoso. Eles arrasaram a escola pública baiana e agora se fingem de aliados”, afirmou. Pré-candidata à prefeitura de Salvador, a parlamentar disse que mantém laços antigos com Cachoeira e que não irá à cidade devido por causa de uma reunião da Comissão Política do PCdoB, marcada para as 14h desta segunda-feira, na sede do partido, no bairro soteropolitano dos Barris. Segundo ela, a comissão debaterá articulações para a composição de chapa majoritária do PCdoB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo