Cotidiano

Alexandre Aleluia sai em defesa de Bolsonaro e ataca Dilma: ‘terrorista do VAR-Palmares’

O vereador de Salvador Alexandre Aleluia (DEM) minimizou o deboche que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez com as sequelas das torturas sofridas pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Na ocasião, Bolsonaro pediu o raio-X da mandíbula fraturada da petista.

“Dizem que a Dilma foi torturada e fraturaram a mandíbula dela. Traz o raio-X para a gente ver o calo ósseo. Olha que eu não sou médico, mas até hoje estou aguardando o raio-X”, disse o presidente, entre gargalhadas.

A ex-presidente reagiu as falas de Bolsonaro e lamentou o comportamento do chefe do Executivo nacional. Segundo ela, o presidente tem agido “extamente como um fascista”.

“É triste, mas o ocupante do Palácio do Planalto se comporta como um fascista. E, no poder, tem agido exatamente como um fascista. Ele revela, com a torpeza do deboche e as gargalhadas de escárnio, a índole própria de um torturador. Ao desrespeitar quem foi torturado quando estava sob a custódia do Estado, escolhe ser cúmplice da tortura e da morte”, afirma Dilma.

Alexandre Aleluia, principal aliado de Bolsonaro na Bahia, saiu em defesa do presidente endossando os ataques.

“A terrorista do VAR-Palmares assaltante de banco que foi casada com um sequestrador de avião chamando alguém de “sociopata” é a piada do dia”, publicou o democrata nas redes sociais.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo