Cotidiano

AL-BA aprova matéria que transforma a vaquejada em prática desportiva e cultural

VAQUEJADAO projeto que regulamenta a vaquejada como prática desportiva e cultural na Bahia, de autoria do deputado estadual Eduardo Salles (PP), foi aprovado na tarde desta quarta-feira (21) pela Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), em sessão dedicada a votar projetos dos parlamentares.
Alvo de polêmica, na qual a vaquejada se apresenta como ora como tradição cultural, ora como maus-tratos aos animais, o texto foi aprovado pela maioria, com exceção de Marcell Moraes (PV), José de Arimatéia (PRB) e Luiza Maia (PT).
Leia mais
Por excesso de sexo, Farfán desfalcou a Seleção Peruana contra o Chile
Áudio registrou confronto final entre bandidos e PMs em Sento Sé (BA)
Panicats ‘tiram satisfação’ com Mônica Iozzi após declaração polêmica
Também foi aprovado nesta quarta o projeto de Jânio Natal que trata da transferência simbólica da capital do Estado para Porto Seguro no dia 22 de abril; o texto que dispõe sobre o passe livre para as ambulâncias de hospitais, clínicas e empresas, de autoria de Alex da Piatã e a matéria que institui o dia 21 de janeiro como Dia Estadual dos Profissionais de Postos de Combustíveis, de Bobô (PSB).
BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo