Cotidiano

Agências de companhia para idosos crescem no país

Uma das tendências mais significativas do século XXI, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é o envelhecimento populacional. Até 2050 o número de idosos no mundo deve duplicar, enquanto no Brasil a tendência é de que o número de pessoas com mais de 60 anos seja quase três vezes maior se comparado aos dados atuais. Com esse cenário, surgem novos serviços, empresas e pessoas engajadas no cuidado específico a essa parcela da população.

Para jovens que já realizaram teste vocacional e ainda não encontraram uma carreira para seguir, a gerontologia e a geriatria podem ser um ótimo caminho, dado esse envelhecimento acelerado da população mundial e as crescentes exigências com a terceira idade, muitas vezes desamparada, solitária e com maior risco de obtenção de problemas de saúde.

Um dos serviços mais recentes e que surgiu para promover o bem-estar da população idosa foi o de concierge. O nome é derivado do francês, mas, apesar do requinte, demonstra uma necessidade latente: evitar a solidão nessa fase da vida e promover a autonomia dos indivíduos acima de 60 anos. É comum na Inglaterra e nos Estados Unidos, mas agora surge com grande força no cenário brasileiro..

O objetivo dessa iniciativa é apoiar idosos sem limitações físicas ou cognitivas graves, mas que desejam apoio para fazer algumas atividades, como ir ao médico, à feira, ao mercado e ao salão de beleza. A contratação parte geralmente de familiares atarefados com outras demandas. Os passeios podem incluir tanto idas à missa como visitas a lugares inusitados e até mesmo aulas de redes sociais e de tecnologia.

É um apoio pontual, portanto, e os concierges não são cuidadores. Dependendo da agência ou do profissional contratado, o serviço pode sair por cerca de R$ 200 por três horas. Geralmente, os profissionais que realizam esse tipo de serviço são formados em enfermagem, mas dispensam a utilização de roupas mais formais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo