Geral

Aécio Neves pede renúncia de Dilma, após delação de Delcídio

AECIO - SENADO - 2015O senador e presidente nacional do PSDB Aécio Neves (MG) disse nesta quinta-feira (3) que a queda de 3,8% no PIB de 2015 deve ser atribuída exclusivamente ao governo federal, que, por causa de medidas equivocadas, vem permitindo a volta da inflação e produzindo endividamento e desemprego.

De acordo com a Agência Senado, Aécio também comentou as supostas informações prestadas pelo senador Delcídio do Amaral (PT-MS), em delação premiada, de que a presidente Dilma Rousseff tentou interferir nas apurações da Operação Lava Jato, inclusive nomeando para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma pessoa de sua confiança.

Leia mais

Acidente no Km -100 em Brejões: ocupantes de carro ficam gravemente feridos

Incêndio destrói 90% das barracas na Feira do Rolo, em Feira de Santana

Ministro do STF nega pedido de perdão a José Dirceu

Para o senador, é preciso aguardar a comprovação do que disse Delcídio, mas a gravidade do momento pelo qual o país atravessa exige uma postura da presidente Dilma Rousseff.

“Será que não está no momento de a presidente da República, pensando não agora no seu partido e sequer no seu futuro, mas pensando no país, renunciar ao mandato de presidência da República para que, a partir desse gesto, nós possamos iniciar uma grande concertação e, a partir dela, a construção de uma agenda de retomada da confiança e, a partir dela, dos investimentos e, a partir deles, dos empregos para os brasileiros?”, questionou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo