Cotidiano

Advogados de Lula pedem que STF revogue decisão de Gilmar Mendes

LULA - PREOCUPADONa noite desta quinta-feira (24), os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram com um recurso para pedir ao Supremo a revogação da decisão do ministro do STF, Gilmar Mendes, que suspendeu a nomeação de Lula para chefiar a Casa Civil.
Segundo informações do G1, a defesa do ex-presidente alega que não houve qualquer intenção de obter foro privilegiado com a nomeação, e que Lula aceitou o cargo para “ajudar o país e a presidenta Dilma Rousseff”.
Leia mais
Dupla é detida com 74 mil dólares escondidos em cuecas e meias
Ainda de olho em Ganso, time de Kaká dá garantia em briga judicial contra São Paulo
Novo diretor de futebol do São Paulo alerta Bauza: ‘Futebol é resultado’
“O agravante somente aceitou ser ministro de Estado para ajudar o país e a presidenta da República na retomada do desenvolvimento social e econômico (…) Inexiste qualquer fundamento para impedir o agravante de desempenhar as funções de ministro de estado chefe da casa civil”, diz o documento.
De acordo com a publicação, essa é a primeira vez que a defesa do ex-presidente entra com um recurso na mesma ação que suspendeu a nomeação.
O recurso, um agravo regimental, dependerá de Gilmar Mendes para ser submetido ao plenário.
“Não se pode construir um irreal cenário baseado na distorção de conversas telefônicas “, dizem os advogados no recurso.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo