Esportes

Adultério e relações homoafetivas serão crimes no Qatar durante Copa do Mundo

Pessoas que cometerem tiverem relações sexuais fora de seu casamento e relações homoafetivas serão consideradas crime, durante da Copa do Mundo, no Qatar. O país, majoritariamente mulçumano, não irá flexibilizar suas leis durante a maior competição de futebol do mundo que acontecerá em seu território durante o mês de novembro deste ano.

Tanto o ato de adultério como o de relações homoafetivas poderão gerar prisão de até sete anos. As relações sexuais só estarão permitidas para casais e pessoas solteiras.

Essa é apenas uma das polêmicas que cercam o Mundial. Outro assunto bastante comentado sobre o extracampo da Copa do Mundo no Qatar é o alto valor da bebida alcoólica que será comercializada nos estádios.

De acordo com o portal inglês “The Sun”, um copo de 550ml de cerveja irá custar cerca de 10 libras (R$62). O valor é mais que seis vezes maior do que é cobrado normalmente nos estádios brasileiros. O alto valor da cerveja também tem uma justificativa relacionada aos costumes do país, uma vez que é proibido a comercialização de bebidas alcoolicas no Qatar devido a restrições culturais e religiosas, apenas alguns bares e hotéis possuem o direito da venda.

Galaticosonline

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo