Geral

Adolescente de 12 anos morre e pai dele fica gravemente ferido após muro de escola desabar em Itabuna

Um adolescente de 12 anos morreu e o pai dele ficou em estado grave após ambos serem atingidos por um muro de uma escola, que desabou na manhã deste sábado (16), na cidade de Itabuna, no sul da Bahia.

Segundo familiares das vítimas, pai e filho, moradores do Loteamento Paraíso, voltavam de uma feira e passavam pela área externa da Escola Municipal Marechal Castelo Branco quando parte do muro desabou.

O garoto, identificado como Guilherme Aurélio, morreu no local. Já o pai dele, o pedreiro Fábio Guedes dos Santos, de 45 anos, foi levado para o Hospital de Base de Itabuna.

De acordo com o irmão do pedreiro, Fábio Guedes estava inconsciente e apresentava estado de saúde gravíssimo.

Moradores de casas próximas à escola relataram que o muro apresentava rachaduras e sinais de que poderia desabar. A versão foi confirmada pela Defesa Civil de Itabuna, que vistoriou o local após o desabamento.

Defesa Civil relatou que técnicos do órgão avaliaram a área e vão acionar a Secretaria de Infraestrutura para demolir o restante do muro da escola.

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro, divulgou uma moção de pesar após o acidente. Na nota, o gestor afirmou que as causas do desabamento serão apuradas pela Polícia Civil.

Ainda segundo o prefeito da cidade, as secretarias municipais de Promoção Social e Combate à Pobreza, Saúde e Educação vão enviar à casa das vítimas e à unidade escolar, profissionais para prestar assistência psicológica, social e material necessária. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo