Notícias

Acusado por Valério de intermediar repasse para Lula ainda recebe do PT

A empresa de Freud Godoy ainda recebe pagamentos do PT, relativos a “serviço de vigilância”, segundo notas fiscais anexadas pelo partido na sua prestação de contas. Segundo depoimento do empresário Marcos Valério, Godoy seria o intermediário para o repasse de dinheiro do mensalão para pagar despesas pessoais do ex-presidente Lula e sua empresa teria sido utilizada para tal operação. O PT paga aproximadamente R$ 26 mil mensais à Caso Sistemas de Seguranças, que já recebeu até o ano passado mais de R$ 1 milhão do fundo partidário da legenda. Além disso, a empresa é contratada do gabinete do deputado Ricardo Berzoini (SP), ex-presidente do PT. Fundada em junho de 2003, a Caso está atualmente em nome da mulher de Freud, Simone Godoy. Ele deixou formalmente a sociedade em 2009, mas ainda atua como seu diretor. Informações da Folha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo