Cotidiano

Suspeito de enterrar jovem nas Dunas em Itapuã, diz a polícia que “estava louco de droga”

Foto: reprodução blog do Marcelo.

O suspeito de matar a jovem Dara dos Santos Cavalcanti, 23 anos, disse em depoimento a polícia que no momento em que cometeu o crime, estava sob efeito de drogas: “tava louco de droga”, disse Fernando Gabriel Sousa dos Santos, 25 anos.

Segundo a polícia, ele será acusado de feminicídio, a prisão temporária dele ocorreu após apresentação no DHPP – Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, em Salvador.

Acredita-se que a jovem possa ter sido enterrada viva, o suspeito que era vizinho da vítima, disse ter dado uma “gravata” em Dara, após ter atraído ela para um beco, no local, o suspeito alega ter sido agredido e por esse motivo provocou o estrangulamento, ao cair desmaiada, Fernando foi até as Dunas, no bairro de Itapuã, cavou uma cova com as próprias mãos e enterrou o corpo, no dia seguinte retornou ao local e colocou mais areia.

O laudo pericial é aguardado para apontar as causas da morte, bem como saber ser Dara sofreu algum tipo de violência sexual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo