Cotidiano

ACM Neto volta a dizer que Wagner “representa o passado”; senador reage: “vamos disputar ideias, e não idade”

Os virtuais candidatos ao governo do estado da Bahia, ACM Neto e Jaques Wagner já iniciaram a campanha eleitoral em visitas a municípios baianos. Nos últimos dias, trocaram farpas em discursos inflamados. Principal nome da oposição ao governo da Bahia, ACM Neto (DEM) voltou a dizer que o senador e ex-governador Jaques Wagner (PT) “representa o passado”. A mais recente provocação aconteceu em Vitória da Conquista, na noite deste domingo (15), onde o democrata cumpriu agenda política. 

Em discurso para apoiadores, Neto afirmou que as pessoas “querem olhar para o futuro porque o ex-governador Jaques Wagner representa o passado, representa uma história que está tendo o seu momento final, fechando um ciclo”.

Já nesta segunda (16), Wagner rebateu o demista e disse que Neto, está confundindo “idade com modernidade”. “As pessoas podem ter pouca idade e ter uma cabeça velha e podem ter mais idade e ter uma cabeça moderna. Se é passado, pega o passado que ele participou, pelo menos do grupo dele, 16 anos dele e 16 do nosso, e o resto o pessoal responde. É joguinho de palavras que ele fica fazendo. Eu tenho 70 anos e tenho muito orgulho e muita disposição para trabalhar. Eu acho que modernidade é o se que carrega na cabeça e é o que interessa ao povo baiano”, afirmou, durante a entrega da ampliação do Hospital do Oeste, em Barreiras. 

A provocação de Neto também não passou batida por integrantes do governo Rui Costa(PT). Pelo Twitter, o deputado estadual Alex Lima (PSB), fiel escudeiro do governador, reagiu.  “Desde quando ACM é sinônimo de futuro? Não é a idade que define o caráter de uma pessoa, mas suas ações. JW foi o grande responsável pelo fim da era do chicote na mão…”.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo