BrasilGeral

“ACM Neto quer Bolsonaro como amante”, dispara João Roma

O ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos), acusou o ex-prefeito de Salvador e pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (DEM), de explorar com oportunismo o capital político-eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Neto tem considerado a ideia de ter um palanque aberto para mais de um presidenciável, o que ampliaria o leque de apoiadores à sua chapa estadual.

“O que fica aparentando é que o ex-prefeito fica querendo utilizar o presidente Bolsonaro como amante. Ele quer os votos de Bolsonaro, mas não quer passear de mão dada no shopping com Bolsonaro. Isso é uma posição muito confortável”, disse Roma, em entrevista ao programa BNews Agora, na Piatã FM, nesta terça-feira (1º).

Roma ainda declarou que só considera retomar a relação com o antigo aliado, caso ACM Neto estivesse disposto a “assumir”.

“É óbvio que a Bahia, que é o quarto maior colégio eleitoral do Brasil tem sim papel fundamental na eleição nacional este ano e, naturalmente, o presidente Bolsonaro precisa de palanque na Bahia […] se ele está disposto a estar junto com o presidente Bolsonaro, nós temos diálogo, se não, é chover no molhado”, emendou.

Bnews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo