Cidades

ACM Neto diz que Rui ‘perdeu o equilíbrio’ e faz ‘revanchismo mesquinho’

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), rebateu as declarações dadas nesta sexta-feira (18) pelo governador Rui Costa (PT) e disse que ele “perdeu o equilíbrio”. Durante evento no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o petista disse que o democrata tem “pouco apreço pela verdade”, ao comentar o vídeo em que Neto acusa o governador de ter retirado mais da metade dos policiais que prestam serviços nos postos de saúde do município e fazem a segurança institucional da prefeitura.

Segundo Neto, Rui mostrou que não ter o “menor preparo” para governar a Bahia. “O governador mandou retirar os policiais militares que atuavam na gestão dos postos de saúde e da proteção institucional da prefeitura, que já foram, inclusive, notificados dessa decisão. Contra fatos não há argumentos. Ao dizer que isso é mentira, o governador demonstra total perda de equilíbrio”, bradou o prefeito de Salvador.

Neto afirmou também que Rui será responsável pela integridade das pessoas que forem às unidades de saúde da Prefeitura e também aos servidores do Executivo municipal. “Essa atitude autoritária precisa ser avaliada pela consciência do próprio governador, que certamente deverá pesar se acontecer algo em função dessa atitude de perseguição e vingança, em função de uma crítica política que fiz sobre o aumento da violência na Bahia e em Salvador.

O governador tem que entender que estamos numa democracia. Assim como tenho que ouvir as críticas que ele faz a mim, ele também precisa aprender a receber as críticas”, criticou. Ele ainda acusou o petista de “revanchismo mesquinho” por querer prejudicar Salvador por conta das eleições do ano que vem, nas quais Neto pode ser o principal adversário. “”Ele está prejudicando Salvador talvez por entender que assim está me prejudicando. Na verdade, ele está fazendo a população de Salvador sofrer. Para mim está claro que o governador usará de todos os instrumentos que estiver ao seu alcance para prejudicar a cidade”, atacou.

BN

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios