Política

ACM Neto diz que PT usa “discurso do medo e da chantagem”

O candidato a prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), voltou a criticar neste domingo (16) o chamado discurso do medo do PT em Salvador. “Eles ficam dizendo que o dinheiro do governo federal não vai chegar se eu não for prefeito. É o discurso do medo e da chantagem. O dinheiro vai chegar de qualquer jeito se o prefeito for competente e tiver bons projetos. O que vale hoje é isso, e não a carteirinha do partido”, afirmou o democrata, em encontro com lideranças no bairro de Castelo Branco na companhia da sua candidata a vice, Célia Sacramento (PV). “O medo não vai vencer a esperança em Salvador. As pessoas têm medo é da violência que tomou conta da cidade e dos homicídios dos nossos jovens, que se tornou uma verdadeira chaga”, acrescentou Neto, que também fez caminhadas em Nova Brasília de Itapuã e São Cristóvão. O candidato afirmou que pretende, como forma de prevenir a violência, iniciar os principais programas da prefeitura nas localidades mais pobres e onde a criminalidade e o tráfico são maiores. “Programas como o Agenda Família, o Aluno em Tempo Integral, os cursos de qualificação para jovens e a reforma e construção de campos vão começar nos bairros mais pobres e violentos. Além disso, também vamos ajudar na repressão, aumentando o efetivo da Guarda Municipal, que vai ser treinada para atuar armada, e implantando as câmeras de videomonitoramento”, disse o prefeiturável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo