Cotidiano

Abílio Santana: “Lula é um lixo não reciclável”

O deputado federal bolsonarista Abílio Santana (PL) foi às redes sociais para criticar a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente Lula (PT) julgadas em Curitiba. Para ele, a Operação Lava Jato foi “jogada no lixo”.

“Pra mim, a decisão monocrática do ministro Fachin configura o sepultamento da Lava Jato no Brasil. Toda a ação em torno do esquema  anticorrupção no país é jogada no lixo.  O sentimento é de impunidade, as atrocidades que Lula fez com o povo brasileiro não podem e não devem serem esquecidas. Não vou perder a esperança de ver o Brasil sem bandidos na política, outras ações judiciais ainda pesam sobre o petista. Ainda confio na justiça dos homens, mas acredito que a de Deus prevalece acima de tudo. Ele vai pagar. Lula é um lixo não reciclável, e o brasileiro sabe disso”, declarou, em nota na noite desta segunda-feira (8).

Na avaliação de Fachin, as ações de Lula não poderiam ter corrido em Curitiba, porque os fatos apontados não têm relação direta com o esquema de desvios na Petrobras. 

“Com as recentes decisões proferidas no âmbito do Supremo Tribunal Federal, não há como sustentar que apenas o caso do ora paciente deva ter a jurisdição prestada pela 13ª Vara Federal de Curitiba. No contexto da macrocorrupção política, tão importante quanto ser imparcial é ser apartidário”, escreveu, na decisão.

Bnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo