Bahia

Rádio do vice de Tonha Magalhães está na mira da Justiça

A juíza eleitoral da 127ª zona de Candeias, Jaciara Borges Ramos, concedeu uma liminar, determinando que a Rádio Baiana Fm conserve as gravações dos programas de propaganda eleitoral gratuita para que os materiais sejam submetidos à perícia judicial.

A decisão foi deferida, após o departamento jurídico da coligação “Candeias tem Jeito” do candidato Carlos Martins (PT), ajuizar uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) pelo uso indevido da rádio, de propriedade de Carlos Alberto de Oliveira, candidato a vice na chapa de Tonha Magalhães (PR). Na ação foi pedida a cassação de Tonha e Carlos Alberto sob argumento de “evidente abuso de poder econômico e dos meios de comunicação”.

Segundo a AIJE, a rádio “vem servindo de instrumento à prática de atividades de politicagem ostentosamente abusiva e deletéria”, com propaganda subliminar favorável à candidata do PR e veiculação, de forma deturpada, de inserções contra as outras candidaturas. Um dos exemplos de favorecimento ocorreu em 01/09. Na data, foram veiculadas, indevidamente, 18 inserções a mais da candidata do PR durante a programação da emissora, enquanto, as inserções do horário eleitoral dos outros candidatos estão sendo suprimidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo