Cidades

Dilma desmente Delcídio e diz que não indicou Cerveró para Petrobras

DILMA - PARISA presidente Dilma Rousseff (PT) disse, em coletiva nesta segunda-feira (30), em Paris, que não indicou Nestor Cerveró para a Diretoria da Área Internacional da Petrobras. A informação consta em depoimento do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), após ser preso na última quarta-feira (25). “Eu não indiquei Nestor Cerveró para a diretoria da Petrobras.

Acredito que o senador Delcídio se equivoca”, disse a presidente, que na época era ministra de Minas e Energia do governo Lula. De acordo com o BBC Brasil, Dilma também negou que tivesse conhecimento sobre a corrupção na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

A relação da presidente com o contrato foi mencionada por Delcídio, em áudio que o levou à prisão, com informações de Cerveró. Dilma disse que o ex-diretor da estatal pode não gostar dela porque, ao perceber que Cerveró não deu ao conselho todas as informações sobre a compra da refinaria, “insistiu para ele sair”.

A petista aproveitou para comentar a prisão do correligionário e líder do governo no Senado, resumindo seu sentimento à perplexidade. “Fiquei perplexa, extremamente perplexa. Não esperava que isso acontecesse, ninguém esperava”, disse.

BN

Leia mais

Pesquisa Datafolha aponta rejeição de 47% ao ex-presidente Lula

Ministério da Saúde confirma relação entre microcefalia e o zika vírus

Jô Soares gera polêmica ao lembrar Bruna Lombardi aos 9 anos: ‘Sonhos eróticos’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo