Entretenimento

25 anos depois, Alexandre Frota lamenta não ter se consolidado na Globo

Uma das figuras mais polêmicas do meio artístico brasileiro, Alexandre Frota encontrou, casualmente, o autor Carlos Lombardi (ex-Globo, hoje na Record). O momento despertou no ator, atualmente engajado na política, um sentimento de nostalgia.

Frota publicou, em seu Facebook nesta segunda-feira (26), de acordo com o RD1, um desabafo a respeito de sua participação na novela “Perigosas Peruas”, de autoria de Lombardi, exibida em 1992. Na trama, ele vivia o misterioso Jaú, ora mocinho ora bandido.

“Esse sonhador genial que, em 1992, me deu uma grande oportunidade de me perpetuar como um ator protagonista na TV Globo”, disse Alexandre em referência a Carlos para depois se lamentar: “E eu, aos 29 anos, joguei literalmente fora. Desde então passaram-se 25 anos e ontem ao encontrá-lo, conversamos, nos abraçamos e rimos, nos desculpamos”.

Frota prossegue: “Quando somos capazes de reconhecer que erramos, e eu errei, e somos perdoados com os nossos atos de ignorância, estrelismo e loucura cometidos no passado, nós nos fortificamos e nos colocamos à altura de resolver de maneira construtiva os problemas do presente”. Por fim, o ator agradece pela oportunidade, uma das últimas que teve na teledramaturgia da Globo.

“Lombardi, valeu muito. Eu sei que às vezes estou bem longe do ideal ou de qualquer coisa que seja perfeito, por isso eu agradeço a você, pelo carinho e gesto de ontem”.

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar