CidadesGeralMundo

100 mil visons foram sacrificados por estar infectados por coronavírus na Espanha

Quase 100 mil visons em uma fazenda no nordeste da Espanha serão sacrificados depois que muitos deles fizeram testes que deram positivo para coronavírus, informaram as autoridades de saúde do país.

O surto na província de Aragão foi descoberto depois que a esposa de um funcionário agrícola contraiu a doença em maio.

Desde então, seu marido e outros seis trabalhadores também tiveram Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

Os visons, criados por seu precioso pelo e para a produção de casacos de pele, foram isolados, e sua saúde foi monitorada após a infecção dos trabalhadores.

Quando os testes realizados em 13 de julho mostraram que 87% dos animais estavam infectados, as autoridades de saúde ordenaram o abate dos aproximadamente 92.700 animais.

A empresa que administra a fazenda, localizada em uma cidade a 200 km de Madri, receberá uma compensação financeira.

G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo