Adolescente de 15 anos morre eletrocutada após celular na tomada cair em banheira


A lutadora Russa Irina Rybnikova, de apenas 15 anos, morreu eletrocutada depois que seu celular, um aparelho Iphone, caiu na banheira conectado à tomada. O incidente ocorreu na cidade de Bratsk, na Rússia, na casa da adolescente. Segundo a imprensa local, a jovem foi encontrada morta pela irmã Tatiana, de 25 anos, com o celular caído dentro da água.

Ainda comovida com o ocorrido, Tatina falou ao jornal “Komsomolskaya Pravda” sobre o comportamento meigo da irmã caçula. “Uma menina linda em diversos jeitos”. “Nossos corações estão partidos”, acrescentou ela. “A casa fica tão silenciosa e vazia sem ela aqui”, declarou.

A jovem era praticante da antiga arte marcial conhecida como Pankration, uma junção de boxe com luta livre, e em breve, representaria o país em uma competição. A federação do time também emitiu uma nota, lamentando a morte de Irina.