Brasileiros casam menos se se divorciam mais; casamento gay aumenta 10%, aponta IBGE


O número de casamentos diminuiu entre os brasileiros enquanto o total de divórcios aumentou, de acordo com as Estatísticas do Registro Civil de 2017, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (31).

De acordo com as Estatísticas, o Brasil registrou 1.070.376 casamentos civis em 2017, sendo 5.887 deles entre pessoas do mesmo sexo. Embora o total de casamentos registrados tenha diminuído 2,3% em relação ao ano de 2016, o número de uniões homoafetivas cresceram 10%.

O IBGE indicou ainda que o total de casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo em 2017 foi maior do que no ano anterior em todas as grandes regiões do País, com destaque para o avanço de 13,8% no Centro-Oeste.

Em relação às uniões civis entre homens e mulheres, os homens se uniram, em média, aos 30 anos e as mulheres, aos 28 anos de idade. Enquanto nos casamentos gays, a idade média foi de aproximadamente 34 anos para os homens e de 33 anos para as mulheres.

Nos divórcios, um número maior de casais decidiram compartilhar a guarda dos filhos, o aumento atingiu 33%. Essa prática é mais comum na região Sul do Brasil (24% dos casos). Ainda assim, o compartilhamento é exceção: em sete de cada 10 casos, as crianças ficam sob responsabilidade da mãe.